O governador Paulo Câmara assinou, nesta segunda-feira (8), a convocação de 43 profissionais aprovados no último concurso da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), sendo 37 para atuação na Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e seis para o Serviço de Verificação de Óbito (SVO). O objetivo é reforçar as ações de vigilância e de fiscalização no Estado, além das necropsias. A lista com os convocados será publicada nesta terça-feira (9) no Diário Oficial do Estado (DOE).

“Com essa contratação estamos reforçando, em outras frentes, o sistema de Saúde do Estado. Esses novos profissionais vão ampliar a capacidade técnica para garantir a manutenção dos protocolos e a execução do Plano de Convivência com a Covid-19”, assegurou o governador.

Para a Apevisa, estão sendo convocados fiscais sanitários com formação nas áreas de enfermagem (20), farmácia (12) e nutrição (5). Eles irão atuar nas Gerências Regionais de Saúde nos municípios do Recife, Limoeiro, Caruaru, Salgueiro, Petrolina, Serra Talhada e Goiana.

Diante do início das etapas do Plano de Convivência com a Covid-19, a Secretaria de Saúde, por meio da Apevisa, atuará em ações junto aos municípios pernambucanos realizando avaliação e, em caso de necessidade, intervenções sanitárias para manutenção das medidas restritivas, assim como o acompanhamento e orientação dos estabelecimentos visando à liberação gradual das atividades.

Já os técnicos de necropsia irão trabalhar no SVO Recife (5) e na unidade de Caruaru (1). A investigação de óbitos com quadros suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) tem sido, segundo a SES-PE, um dos principais compromissos no monitoramento da epidemia no Estado, que já soma 3.350 mortes. A fila de óbitos em investigação atingiu o maior pico em maio, quando chegou a registrar 370 casos aguardando diagnóstico. Nesta segunda, essa demanda represada é de 114.

Desde o início da pandemia, 7.947 profissionais entraram em processo de contratação no Estado, entre concursados e aprovados em seleções. Ao todo, foram 3.046 aprovados em concurso público para serviços da SES-PE e Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco (UPE), além da atuação convocação da Apevisa e SVO; 4.901 por meio de seleções públicas simplificadas para a SES-PE, Complexo Hospitalar da UPE, Lacen e Vigilância Epidemiológica Hospitalar. Além disso, 1.869 profissionais que estavam atuando em ambulatórios, em situações eletivas, foram recrutados e passaram para a linha de frente da rede hospitalar ou para atendimento no aplicativo Atende em Casa.