Pernambuco confirmou, nesta quarta-feira (15), 200 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, fazendo o número de pacientes diagnosticados com a Covid-19, doença provocada pelo vírus, subir para 1.484. Também foram confirmadas laboratorialmente 28 novas mortes (17 homens e 11 mulheres), ocorridas entre os dias 8 e 11 de abril.

Foram os maiores aumentos diários tanto de casos confirmados quanto de óbitos desde o início do acompanhamento da epidemia. Até então, o pior dia tinha sido segunda-feira (13), quando foram registrados 194 novos casos. O número diário de mortes também é o maior, em comparação com a última segunda, quando foram relatados 17 óbitos.

As faixas etárias dos novos óbitos são as seguintes: 10 a 19 anos (1); 20 a 29 (1); 40 a 49 (2); 50 a 59: (3); 60 a 69: (7); 70 a 79: (5) e e com 80 anos ou mais: (9). Por municípios, o casos têm a seguinte distribuição: Recife (12), Jaboatão dos Guararapes (3), Olinda (3), Paulista (2), Limoeiro (2) Ipojuca (1), São Lourenço (1), Camaragibe (1), Bom Conselho (1), Igarassu (1) e Cabo de Santo Agostinho (1).

Das 28 vítimas fatais recentes, 20 tinham comorbidades, mas os quadros de cada um não foram detalhados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Pernambuco totaliza 143 mortes pela Covid-19 até esta quarta-feira. Entre os casos ativos, há 773 pessoas em isolamento domiciliar e 331 internadas, sendo 68 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 263 em enfermarias. Outras 68 pessoas já tiveram cura clínica.


O número de profissionais do setor diagnosticados com a Covid-19 subiu para 485, um aumento de 60 novos casos nas últimas 24 horas – é 30% do total de confirmações do dia. Outros 369 foram descartados. Segundo o gestor da SES-PE, André Longo, mais de 1.500 profissionais já foram notificados para exames.